T.O.P :: Transtorno Obsessivo por Praia

Verão e praia, um caso de amor!

Mas o que pouca gente sabe é que essa paixão está desenvolvendo um Transtorno. É isso mesmo.
Conheça o T.O.P – Transtorno Obsessivo por Praia

“Somos obcecados por praia.
Das grandes as pequenas.
Das de tombo as de nudismo.
Mas se tem uma coisa que tira a gente do sério é praia zuada.
Uma pontinha de bituca enterrada na areia sequer, já deixa a gente transtornado.
Qualquer coisa boiando no mar que não seja alga ou água viva, é taquicardia na certa.
Se a gente pudesse estalar os dedos para as praias voltarem a ser como antes, tlec.
Porque temos transtorno obsessivo por praia.
E somos obcecados por isso.”


Seis embaixadores foram eleitos através de um processo seletivo, que levou em consideração o engajamento deles junto ao litoral brasileiro. Santos, Rio de Janeiro, Fortaleza (Praia de Iparaná), Paraná (Praia de Guaratuba) e Espírito Santo (Vila Velha) serão as primeiras praias contempladas. A partir de dezembro os locais, que já contavam com a atuação dessas pessoas, terão ações ainda mais direcionadas, especialmente de limpeza, sempre com assistência especializada.

Os Embaixadores:

Silvia Turra Grechinski
É fundadora da ONG Parceiros do Mar, que tem como principal atividade retirar perigos submersos no fundo do mar do litoral do Paraná. Fundou a ONG após o falecimento da irmã, que enroscou-se em uma rede de pesca clandestina enquanto surfava.

Dudu Lima Filho
Biólogo, surfista e mergulhador, já realizou diversas ações sustentáveis nas praias Reserva, Recreio e Grumari, mesmo sem verba e sem ligação alguma à ONG ou entidade. Entre as iniciativas realizadas, está a retirada de microlixo da areia e fundo do mar, inclusive de regiões de naufrágio. Atuará pelo projeto nas três praias cariocas.

Thomas Scott
É designer de produto, cria e materializa produtos sustentáveis no Rio de Janeiro. Oferece a surfistas pranchas com impacto ambiental reduzido.

William Rodriguez Schepis
Fundador do Instituto Ecofaxina, em Santos (SP), que atua na limpeza da fonte de lixo em comunidades e manguezais. Também realiza um trabalho na região que incentiva jovens a catar resíduos e reverter em renda.

Petrus Lopes
Ele é engenheiro ambiental e desenvolveu um projeto em Vila Velha (ES) que tem como missão mostrar que é possível a transformação dos ecossistemas de forma planejada e sustentável tornando a existência humana compatível com toda da biosfera, a partir da conscientização.

Juaci Araújo
Transformou um grupo de estudos da universidade na ONG Aquasis, na praia de Iparana, Fortaleza (CE), que tem como principal missão a limpeza das praias e a transformação de resíduos em arte.

Desse transtorno não queremos tratamento!

ParabénsSkol – vida longa ao projeto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s