Russell Brand :: Um ativista de direito

Taí um cara que se coloca lindamente como um dos modelos do que podemos chamar de “ativista do nosso tempo”.

Venho acompanhando algumas entrevistas e declaração do comediante/ator Russell Brand sobre sua visão sócio/política mundial, mas no programa Newsnight de ontem ele foi certeiro.

O Bruno Torturra escreveu assim:
“Russell Brand, meus mais sinceros cumprimentos.
Insolente, articulado, sincero e irretocável. Esmaga o jornalista, um dos mais influentes repórteres políticos da Inglaterra, e destrói o cinismo de quem desdenha do espírito revolucionário contemporâneo como “mera utopia”. Melhor argumento que já ouvi para não votar em eleições.
Toda a entrevista é boa. Mas o final… touché.”

Depois que Russell escreveu um “manifesto” na New Statesmant o jornalista da BBC, Jeremy Paxman, o convidou para explicar por que alguém deveria ouvir um homem que nunca votou em sua vida.

Separei aqui alguns trechos com tradução livre e licença poética da entrevista.

Bases da mudança:
“A massiva redistribuição de renda, alta taxação sobre as grandes corporações e severa responsabilização das empresas de energia e qualquer outra que explore o meio ambiente.”

Sobre o voto:
“Não vote, não finja. Pra que votar? Sabemos que não fará diferença. Acorda.
Até que apareça uma alternativa genuína de mudança, pra que votar?
Se não for assim pra que fingir e ser cúmplice dessa ilusão?

Ser levado a sério:
“Eu não preciso que você me leve a sério. Eu não me importo se você não me leva a sério.Só quero dar atenção para algumas ideias”

A revolução:
“O tempo é agora! Essa revolução já está acontecendo.
A revolução vai acontecer. Não tenho dúvida, este é o fim, este é o tempo de acordar. É real.
Se conseguirmos nos envolver nesse sentimento para mudar as coisas, por que não? Por que isso é tão ingênuo? Por que não é o meu direito, porque eu sou um ator? Quem me dá o direito de fazer a revolução?
Eu pego esse direito! Não preciso que você ou que qualquer outra pessoa me dê. Eu estou pegando!

Veja a entrevista (em inglês) e se souberem de alguma versão legendada, por favor, mandem pra gente. 😉

Russel Brand

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s