Quarta Sonora :: Rael da Rima

“Ainda bem que tô na direção que apontam as batidas do meu coração, coração companheiro, coração maloqueiro, coração mensageiro, suas batidas que me levam para o caminho verdadeiro.”

Melódico, mandando a mensagem do bem, sem esquecer da força das quebradas e das alianças com a rapaziada, ele é Rael da Rima.

Se você não conhece o Rael ainda, pode ser que você tenha o visto no Som Brasil, na homenagem à Vinícius de Moraes fazendo releituras do poetinhade junto com o Criolo e Terra Preta.

Desde o Pentágono– que já esteve no QS no megantena– acompanho Rael que em 2012 se afastou para tocar carreira solo. Em 2010 já tinha o “Música Popular do Terceiro Mundo” e em 2013 chegou o “Ainda Bem Que Eu Segui As Batidas Do Meu Coração”.

Rael pra mim é um dos caras do “novo hip hop” que mais tem atropofagiado outras musicalidades, desde o soul, r&b, samba, reaggae, rock, rap, melody, ska e por aí vai, criando um som intenso, honesto, muitas vezes mais sensível que os demais – e isso é uma de suas grandes qualidades.

Sente essa:


Batuque, tem também.

Oyá

Vejo Depois

“Tudo tem seu tempo e cada coisa seu lugar”

Segue o melhor caminho.


‘Ainda Bem Que Eu Segui As Batidas Do Meu Coração” (2013) completo

“Música Popular do Terceiro Mundo” (2010) completo

Abaixo “O Hip Hop É Foda”, inspirada na “A Bossa Nova É Foda“, do Caetano Veloso.

Página Oficial
Twitter
YouTube
Facebook

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s